E-mail:
Senha:
Nome:


E-mail:





Vazio

 Notícias

Dia da Consciência Negra: luta, arte e talento

*Em 1971, um grupo de jovens negros se reuniu no centro de Porto Alegre para pesquisar a luta dos seus antepassados e questionar a legitimidade do 13 de maio, data da assinatura da Lei Áurea, como referência de celebração do povo negro. No lugar, sugeriram o 20 de novembro, dia da morte de Zumbi dos Palmares, para destacar o protagonismo da sua luta por liberdade - conquistada e não concedida. A semente plantada ali é um dos marcos da constituição dos movimentos negros e está na raiz do Dia da Consciência Negra.

Nesta data, o SindMusi reafirma o seu compromisso com o povo negro na luta contra o racismo estrutural e seu engajamento por amplas e iguais oportunidades para todos. Nesta oportunidade, destacamos a arte e o talento do maestro Moacir Santos (foto), um dos grandes músicos brasileiros, retratado aqui na biografia escrita pela virtuosa flautista Andrea Ernest Dias.

A luta pela igualdade racial no país está presente no nosso dia-a-dia. Os desafios para mulheres e homens negros no Brasil estão presentes a todo instante: eles têm salários menores, sofrem mais com a violência e o desemprego e estão sub-representados em cargos políticos. Dirimir marcas tão profundas da escravidão exige, entre outros pontos, a adoção de medidas concretas de reparação e de elevação da representatividade dos negros na política e em outros postos-chave na sociedade.

VIVA A ARTE E O TALENTO DO POVO NEGRO!
SALVE ZUMBI DOS PALMARES!

* Com Agência Senado

compartilhe:

 

Voltar